terça-feira, 15 de outubro de 2013

Militares que mataram tio e sobrinho no Aglomerado da Serra são expulsos da PM

Dois policiais militares suspeitos de matar tio e um sobrinho, no Aglomerado da Serra, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, foram expulsos da corporação. O crime aconteceu no dia 19 de fevereiro de 2011. A decisão, segundo a PM, foi publicada nesta terça-feira (15), no Diário Oficial de Minas Gerais. Na época do assassinato, os militares identificados como Jason Ferreira Paschoalino e Jonas David Rosa disseram que confundiram o técnico em enfermagem Renilson Veriano da Silva, 39 anos, e o sobrinho dele, o dançarino e auxiliar de padeiro Jefferson Coelho da Silva, 17 anos, com traficantes da região. 
 Além disso, os policiais são suspeitos de participarem de uma milícia, que cobrava propina de traficantes no aglomerado da Serra. Segundo informações do tenente-coronel Alberto Luiz, chefe da assessoria de imprensa da PM, os militares foram condenados em abril deste ano. Eles recorreram e a Justiça Militar manteve a decisão de expulsá-los. Agora, o oficial quer saber do Juiz se os ex-soldados que estão presos em dois batalhões podem ser transferidos para um presídio comum.

0 comentários:

Postar um comentário

CONTATO!

Administrador:
.::ESTEVES::.
E-mail:
blogdoesteves1@gmail.com

Twitter Blog do Esteves.

Sede Campestre do CSCS Betim.

Seguidores

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

468x60px

Redes Sociais

Posts em Destaque