sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Grupo que usava funerária como fachada para distribuir drogas é preso em Governador Valadares

Uma funerária servia de fachada para a distribuição de drogas e armas em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. A constatação é uma das descobertas feitas pela Polícia Federal (PF) e 8ª Companhia de Missões Especiais da Polícia Militar (8ª CIA Mesp) durante investigações que apontaram a atuação de dois grupos distintos, mas interligados pelo crime. Cinco pessoas foram presas e os trabalhos continuam para apurar a origem e também a quantidade de entorpecentes e armas que o bando movimentou.
 
Segundo o delegado Marcelo Xavier, oito mandados de busca e apreensão foram cumpridos e cinco prisões efetuadas nesta sexta-feira (29), sendo quatro de residentes em Valadares e um de Frei Inocêncio. Duas prisões foram feitas em flagrante e as demais por meio de mandados. Um sexto homem foi conduzido até a PF, mas liberado depois de prestar esclarecimentos. Um dos bandos atuava com o tráfico de drogas e o outro com o de armas. Pistolas e fuzis de uso restrito teriam chegado à cidade pelas mãos dos criminosos.
 
“Ficou provado que os investigados faziam o comércio ilegal de armas de fogo e o tráfico de grandes quantidades de cocaína e maconha para  Valadares. Há uma relação entre essas prisões e as apreensões de drogas feitas pela PM em Valadares nos últimos dias”, revelou o delegado, referindo-se a sete armas de fogo - sendo quatro delas de uso restrito -, 25 quilos de pasta base de cocaína e 120 quilos de maconha apreendidos entre os dias 25 de outubro e 13 de novembro.
 
O dono da funerária, segundo o policial, fazia uso de toda a logística do estabelecimento, sede e veículos, para guardar e comercializar os produtos. E, como estratégia, mantinha a loja em nome de terceiros. “Por enquanto a funerária continuará funcionando, mas as investigações continuam para identificar, sobretudo, outros participantes”, avisa.
 
Segundo o capitão PM Leandro Mafra, grande parte dos investigados já possui passagens policiais pelos mais diversos crimes. Durante os trabalhos de busca, foi encontrado com um dos investigados presos em flagrante cerca de 150 gramas de cocaína, balança, munição e R$ 17 mil. Com o outro, munições diversas. Os nomes dos presos e da funerária não foram divulgados.
 
“Um dos maiores distribuidores de drogas de Valadares está preso”, adiantou o capitão. Os envolvidos serão indiciados por associação criminosa armada, tráfico de drogas e associação para o tráfico, além de posse de arma de fogo de uso restrito e comércio ilegal de arma de fogo. As penas variam de 3 a 15 anos de prisão e multas.

0 comentários:

Postar um comentário

CONTATO!

Administrador:
.::ESTEVES::.
E-mail:
blogdoesteves1@gmail.com

Twitter Blog do Esteves.

Sede Campestre do CSCS Betim.

Seguidores

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

468x60px

Redes Sociais

Posts em Destaque