segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Relógios rolex eram alvos de grupo armado que agia na zona Sul de BH

A Polícia Civil desarticulou um grupo composto por três homens que estava praticando assaltos na zona Sul de Belo Horizonte roubando relógios Rolex avaliados em torno de R$ 60 mil a unidade. Um deles, Manoel Raimundo de Abreu Costa, 37 anos, residente em São Paulo, está sendo acusado, em inquéritos, de ser o planejador e articulador dos assaltos acontecidos em bairros da Zona Sul, principalmente Belvedere, Savassi e São Pedro onde eles procuravam pessoas, homens e mullheres, que estivessem usando relógios Rolex em lojas, supermercados, shoppings e outros pontos de grandes aglomerações. A polícia informou que não existem levantamentos sobre o total em dinheiro arrecadados pelos assaltantes mas que oito inquéritos foram instaurados para apurar as ocorrências de Belo Horizonte.

As investigações e buscas da Polícia Civil que possibilitaram a prisão de Manoel Raimundo, estão sendo comandadas pela delegada Carolina Bechelany, da 1ª Delegacia do centro da capital, que está presidindo os inquéritos nos quais, segundo informaram policiais da unidades, teriam sido ouvidas algumas testemunhas (vítimas). Ela disse que que outros dois supostos participantes do grupo estão sendo procurados e podem ser presos a qualquer momento.

Um deles era o homem que pilotava uma motocicleta para fazer a abordagem de vítimas que estivessem usando relógios Rolex, enquanto outro era um "olheiro" que ficava andando dentro de shoppings, supermercados e lojas, tentando descobrir pessoas usando o relógio. Manoel Raimundo, indiciado nos inquéritos como suposto líder do grupo, poderá ser levado a julgamento pela Justiça onde, se responder pelos oito inquéritos, poderá ser condenado a mais de 20 anos de prisão.

A polícia ainda está investigando detalhes dos assaltos praticados pelos três homens em Belo Horizonte e possui vídeos que mostram os três suspeitos procurando vítimas em supermercados e em um deles apresenta cenas nas quais o homem da motocicleta abordou um camionete de luxo dirigida por uma mulher que foi obrigada a entregar o relógio que tinha no pulso. A delegaca Bechelany afirmou que os três homens eram especializados em roubar relógios Rolex, para enviá-los para São Paulo onde a polícia está investigando a suposta existência de um mercado paralelo para compra e venda de relógios Rolex. "Os homens só roubaram Rolex", disse a delegada. "Temos informações de um assalto no qual a vítima, um homem, tirou o celular do bolso e entregou para os criminosos que recusaram e gritaram que estavam atrás do Rolex que ele tinha no pulso".

0 comentários:

Postar um comentário

CONTATO!

Administrador:
.::ESTEVES::.
E-mail:
blogdoesteves1@gmail.com

Twitter Blog do Esteves.

Sede Campestre do CSCS Betim.

Seguidores

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

468x60px

Redes Sociais

Posts em Destaque