domingo, 23 de março de 2014

Sete são mortos entre noite de sábado e madrugada de domingo na Grande BH

Pelo menos sete pessoas foram mortas a tiros entre a noite de sábado (22) e a manhã deste domingo (23), em Belo Horizonte e Grande BH. Tráfico de drogas e desentendimentos foram as principais motivações dos crimes.

Em Contagem, uma festa terminou em tragédia, no bairro Eldorado. Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas contaram que dois homens entraram em uma casa à procura de Vítor Hugo Rodrigues Simões, de 16 anos. Os suspeitos atiraram na direção dele e acabaram atingindo, também, Márcio Reis Alves Carvalho, de 18 anos.

De acordo com a PM, a corporação foi informada de que uma terceira vítima, identificada apenas como Francismar, de 19 anos, também tinha sido encaminhada ao hospital com ferimentos provocados por disparos de arma de fogo. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos

Das três vítimas, apenas Márcio sobreviveu e não corre risco de morrer. Em relato aos militares, ele afirmou que Francismar era um dos atiradores que invadiu a festa. A PM ainda apura a informação e segue à procura do outro suspeito. No local, foram recolhidas cinco cápsulas de calibre 38 e duas de calibre 380.

Briga

Em Caeté, uma discussão em um bar acabou com um homem morto. Irani José da Silva, de 29 anos, se desentendeu com outro homem no estabelecimento. Uma terceira pessoa tentou apaziguar a situação, mas acabou levando um tapa no rosto dado por Irani.

O suspeito, irritado, disparou três vezes contra a vítima e fugiu em uma caminhonete. A PM conseguiu fazer contato por telefone com ele, que confessou o crime e disse que saiu às pressas com medo de represália. A expectativa é de que o homem se entregue nos próximos dias.

Já em Matozinhos, o desentendimento entre duas mulheres levou seus respectivos parceiros a se enfrentar e um deles morreu. De acordo com a polícia, Marcos Wesley Silva Viana, de 20 anos, tentou defender a namorada, envolvida em uma discussão com outra mulher durante uma festa no "Sítio do Branco", quando foi atingido com um tiro na cabeça.

Ele chegou a ser socorrido em estado grave e levado para o hospital da cidade, mas acabou morrendo no local. O suspeito não foi localizado.

Sem suspeitos

Na Região do Barreiro, na capital, um homem ainda não identificado foi atingido na cabeça, na axila e no braço, no bairro Independência. A vítima, localizada em via pública, não portava documentos e não foi reconhecida por ninguém nas imediações. Na roupa dela, os peritos encontraram duas porções de cocaína.

No bairro Cachoeirinha, Região Nordeste, uma denúncia anônima levou a polícia até o Hospital Odilon Behrens, onde Valter Valdivino, de 30 anos, deu entrada com um tiro na cabeça e outro na mão direita. A vítima não resistiu e morreu.

Na Região Noroeste, no bairro Aparecida, a PM ainda apura as circunstâncias da morte de Wesley Garcia da Silva, de 24 anos. Ele foi encontrado já sem vida dentro de um Honda Civic com marcas de tiros. Uma denúncia anônima informou a localização do corpo. Perícia e rabecão estão no local. Nas três últimas ocorrências, não foram esclarecidas as motivações nem autoria dos crimes.

0 comentários:

Postar um comentário

CONTATO!

Administrador:
.::ESTEVES::.
E-mail:
blogdoesteves1@gmail.com

Twitter Blog do Esteves.

Sede Campestre do CSCS Betim.

Seguidores

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

468x60px

Redes Sociais

Posts em Destaque