sábado, 24 de maio de 2014

Número de assaltos à mão armada cresce 26% em Belo Horizonte

O número de roubos consumados nos quatro primeiros meses deste ano cresceu 26,04% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Em 2014, foram 11.397 registros, 2.355 a mais do que em 2013. As estatísticas de criminalidade violenta, disponíveis no portal Minas em Números, da Seds, mostram também que houve queda no registro de homicídios na capital.O número de crimes dessa natureza caiu 7,14% em Belo Horizonte e de 2,78% na região metropolitana nos quatro primeiros meses deste ano, na comparação com o mesmo período do ano anterior.
A quantidade de crimes violentos e crimes violentos contra o patrimônio, em contrapartida, aumentaram em todo o Estado. Em Minas, houve aumento de 24% dos crimes violentos agrupados, isto é, homicídios consumados e tentados, estupros consumados e tentados, roubos, extorsões mediante sequestro e sequestros e cárceres privados, e de 28% dos crimes violentos contra o patrimônio, que são roubos e extorsões mediante sequestro.
Segundo a Seds, até o fim de 2014, serão investidos cerca de R$ 600 milhões na segurança pública de Minas Gerais. O efetivo das polícias está sendo ampliado com a contratação de seis mil novos policiais civis, militares e bombeiros. Ainda de acordo com a secretaria, cerca de 90% das três mil novas viaturas adquiridas para as instituições de segurança também já foram distribuídas e continuam a ser entregues.
A prevenção à criminalidade, representada pelos programas Fica Vivo!, Mediação de Conflitos, Central de Penas Alternativas (Ceapa) e Programa de Inclusão Social dos Egressos do Sistema Prisional (Presp) será ampliada.
Em junho, de acordo com a secretaria, serão inaugurados Centros de Prevenção à Criminalidade com os programas Fica Vivo e Mediação em Ribeirão das Neves e em Betim. Uma Central de Alternativas Penais também será inaugurada em Araguari, no Triângulo Mineiro, nos próximos dias.
Em 2014, a instalação de mais quatro bloqueadores de celular nas unidades prisionais do Estado também trará impactos na redução dos crimes, segundo o secretário. O primeiro deles será o do Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, que deverá estar em pleno funcionamento já nos próximos dias. A Penitenciária de Francisco Sá, no Norte de Minas, será a segunda, por ordem de prioridade, a receber o equipamento.
Com informações da Seds

0 comentários:

Postar um comentário

CONTATO!

Administrador:
.::ESTEVES::.
E-mail:
blogdoesteves1@gmail.com

Twitter Blog do Esteves.

Sede Campestre do CSCS Betim.

Seguidores

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

468x60px

Redes Sociais

Posts em Destaque