quinta-feira, 31 de julho de 2014

PMs esperam 12 horas na porta de delegacia para registrar ocorrências em BH

Policiais militares passaram a madrugada desta quinta-feira (31) esperando na porta da Central de Flagrantes de Belo Horizonte para registrar boletins de ocorrência. Oficiais e suspeitos tiveram que ficar, por cerca de 12 horas, na calçada da delegacia do bairro Floresta, na região leste de BH, enquanto os termômetros marcavam 10°C. As viaturas que deveriam estar patrulhando as ruas ficaram paradas. 
Entre as mulheres detidas por tráfico de drogas estava uma grávida de oito meses. Elas esperaram cerca de dez horas até serem recebidas pela equipe da Polícia Civil que havia acabado de chegar para o plantão. 
Os policiais civis não quiseram dar entrevista mas afirmaram que estão sobrecarregados. No último plantão de 12 horas eles tiveram 14 ocorrências e só havia dois escrivães e um delegado na Ceflan. Para eles, a única forma de acabar com o problema é aumentar o efetivo.  
A assessoria de imprensa da PC informou que o efetivo da central é suficiente para os atendimentos e não há previsão de aumento de funcionários. Ainda conforme a assessoria, em alguns dias atípicos a demanda é maior. Todos os casos foram recebidos e distribuidos para as delegacias responsáveis, segundo a Polícia Civil.

0 comentários:

Postar um comentário

CONTATO!

Administrador:
.::ESTEVES::.
E-mail:
blogdoesteves1@gmail.com

Twitter Blog do Esteves.

Sede Campestre do CSCS Betim.

Seguidores

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

468x60px

Redes Sociais

Posts em Destaque