quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Agentes penitenciários reivindicam nomeações em protesto na ALMG

Um grupo de agentes penitenciários ocupou nesta terça-feira (25) as galerias e o plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), no bairro Santo Agostinho, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, para reivindicar a nomeação imediata de 3 mil aprovados no concurso realizado em 2012. Segundo o presidente do sindicato da categoria em Minas Gerais, Adeilton de Souza Rocha, o governo estadual adiou quatro vezes a integração dos novos servidores. Ele disse ainda que hoje há um déficit de 4 mil servidores no estado.
"Não entendemos o que o governo quer fazer no fim de mandato. O governo está querendo destruir o sistema prisional", desabafou Adeilton.
Segundo a assessoria de imprensa da ALMG, os servidores entraram no plenário antes do início da sessão. Os trabalhos começaram com os manifestantes dentro do recinto. Em seguida, o presidente da Casa, deputado estadual Dinis Pinheiro (PP), e outros parlamentares ouviram as reivindicações dos agentes. Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da ALMG, o protesto foi pacífico.
Segundo o sindicato dos agentes penitenciários de Minas Gerais, o último prazo estabelecido pelo governo para a nomeação dos servidores é 10 de dezembro. O deputado Dinis Pinheiro afirmou disse que o processo deve mesmo acontecer no mês que vem.
Já a o governo do estado, por meio da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), diz que as nomeações dos concursados começaram em julho deste ano e que 3.161 agentes já foram convocados.
Segundo nota enviada pela pasta, "a retomada da chamada dos cerca de 2.300 aprovados restantes ocorrerá a partir de dezembro, em data e volume ainda a serem definidas pelo governo". A secretaria também contesta que tenha havido adiamentos já que, segundo a Seds, a previsão final de nomeação dos agentes é fevereiro de 2015.
Sobre o questionamento do sindicato de que há déficit de 4 mil agentes, a secretaria informou que a definição do número de profissionais por unidade é "estabelecida segundo critérios de segurança e perfil da unidade prisional em questão".
Ainda de acordo com a Seds, atualmente há mais de 16 mil agentes penitenciários e 55 mil presos em Minas Gerais, uma relação de 3,43 detentos por servidor, abaixo do recomendado pelo Ministério da Justiça que é de cinco presos por agente.

0 comentários:

Postar um comentário

CONTATO!

Administrador:
.::ESTEVES::.
E-mail:
blogdoesteves1@gmail.com

Twitter Blog do Esteves.

Sede Campestre do CSCS Betim.

Seguidores

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

468x60px

Redes Sociais

Posts em Destaque